sexta-feira, 1 de julho de 2011

O Sexo que Cala

Em relacionamentos alienados, o sexo parece servir mais ao isolamento do contato com o outro do que o contrário, sua razão de ser, ou seja, a entrega mútua com fins de prazer, conhecimento e re-conhecimento. Faz-se sexo para não saber do outro, quem ele é e o que ele pode vir a ser.

O sujeito que emudece quando o corpo fala, através do sexo que cala.

Nenhum comentário:

Postar um comentário