sábado, 26 de março de 2011

Criar e recriar é divino. É brincar de ser Deus sem deixar de ser homem. É fazer o todo sem deixar de ser parte.

Duvido daquele que, ao conceber-se parte do e no mundo, não teima em brincar de ser Deus (de suas próprias coisas).

Nenhum comentário:

Postar um comentário